sexta-feira, 18 de abril de 2014

QUANTO GANHA UM ÁRBITRO QUE APITA O BRASILEIRÃO E SUAS NOVAS RECOMENDAÇÕES

A CBF através do seu departamento de arbitragem comandado pelo competente Sérgio Corrêa enviou aos árbitros nesta quinta feira (17) vários documentos, entre eles os valores das taxas para 2014 e as recomendações para serem adotadas nos campeonatos da entidade que já estão sendo disputados.

Após uma breve leitura, destaco abaixo pontos positivos e negativos do documento.

Ø  PESSOAS ESTRANHAS
É proibido levar qualquer pessoa que não esteja relacionada na escala oficial ao estádio e ao vestiário.

Comentário: Em varias ocasiões, essa determinação é absolutamente desrespeitada com árbitros e dirigentes levando colegas e parentes não só aos estádios, mas como também aos vestiários da arbitragem.

Ø HORÁRIOS DE INÍCIO E REINÍCIO DOS JOGOS
Os horários dos jogos devem ser respeitados. Assim, os árbitros, os assistentes e o 4º árbitro devem envidar todos os esforços para o cumprimento do horário e não aguardar passivamente a entrada das equipes. Em caso de atraso das equipes, o árbitro deve relatar em súmula que elas foram avisadas.

Comentário: Determinação ridícula levando se em consideração que o futebol é altamente profissional e os clubes contam com varias pessoas para controlar os horários. A arbitragem cabe informar na sumula o horário que as equipes adentram ao campo e a entidade organizadora que puna exemplarmente os atrasadinhos.

Ø BOM SENSO
Os componentes da arbitragem devem promover esforços no sentido de procurar evitar ou impedir que possíveis manifestações nos jogos do Campeonato Brasileiro sejam concretizadas quando houver desrespeito às regras, inclusive com alertas e avisos dados pelos 4°s árbitros aos responsáveis pelas equipes quando da ida aos vestiários antes das partidas.
Esses avisos devem ser feitos esclarecendo que determinadas atitudes estão previstas nas Regras de Jogo com as devidas advertências e providências que devem ser tomadas pela arbitragem, não sendo iniciativas da CBF ou da Comissão de Arbitragem da CBF e, sim, normas já existentes emanadas pelo IFAB e constantes do Livro de Regras de Futebol em vigor.

Comentário: Essa determinação visa claramente impedir as manifestações dos jogadores denominadas de “Bom Senso”. A CBF esta usando a arbitragem para tentar coibir um direito de todo trabalhador de se manifestar livremente por melhores condições de trabalho.

A arbitragem em vez de aceitar livremente essa determinação, deveria aproveitar o momento para aderir ao movimento lutando por direitos sonegados pela entidade maior do futebol como direito de imagem, patrocínio e melhores taxas de arbitragens.

Ø FALTAS PERSISTENTES
As faltas persistentes e, sobretudo, as que visam a impedir que o talento jogue, devem ser coibidas energicamente. O futebol com constantes paralisações perde o brilho. Assim, as equipes de arbitragem devem ficar vigilantes e adotar as medidas disciplinares comportáveis. As advertências verbais são meio muito eficaz para controlar o jogo. O árbitro deve atuar preventivamente.

Comentário: Determinação incoerente, pois ao mesmo tempo que diz que as paralisações tiram o brilho do futebol, orienta o árbitro a marcar faltas confundindo a cabeça do apitador que acaba marcando falta demais ou faltas de menos.

Ø ÁREA TÉCNICA
A conduta dos profissionais que podem ficar na área técnica deve ser adequada. Os excessos, sejam com gestos ou palavras, merecem providências da equipe de arbitragem. Todos devem ficar vigilantes, inclusive o árbitro, cujos olhos devem fiscalizar todo o campo e seus arredores, especialmente quando o jogo estiver paralisado.

Comentário: Sem duvidas a mais ignorada pelos árbitros há vários anos. Os membros da área técnica, especialmente os treinadores, abusam dos gestos e xingamentos, inclusive em alto e bom som que chegam aos milhares de lares que acompanham a partida via televisão sendo ignorado pela covardia dos árbitros que temem a repercussão ocasionada pela expulsão.

Ø INTERFERÊNCIA DE TERCEIROS EM DECISÕES NO CAMPO DE JOGO:
Não será permitida interferência de terceiros na decisão do árbitro no campo de jogo.

Comentário: Outra determinação inócua, pois com o uso dos pontos eletrônicos e celulares por assessores dentro de campo e árbitros nos vestiários durante os intervalos, a interferência de terceiros tem sido constante conforme comentários nos bastidores do apito.

Ø AGARRA-AGARRA
Os árbitros devem agir com rigor no “agarra - agarra” dentro da área em lances de tiro de canto e cobranças de tiros livres.
Comentário: Durante as partidas, especialmente nos lances de escanteios e bolas alçadas para a área, inúmeros agarrões são praticado pelos jogadores que no máximo são advertidos pelos árbitros que de forma patética não toma nenhuma providencia nos agarrões repetidos. O mesmo se aplica aos árbitros adicionais que mesmo melhores colocados do que os centrais se acovardam não auxiliando na marcação das inflações dentro da área como se deve.

Ø EQUIPAMENTOS DE COMUNICAÇÃO
O cuidado no manuseio dos equipamentos e o teste antes do jogo são fundamentais.

Comentário: Segundo os bastidores da arbitragem, quando o adicional comunica uma infração e o árbitro deixa de marcar e posteriormente provado que foi um erro grave, quando cobrado, o apitador usa como desculpa a frase que já se tornou padrão no meio: “o equipamento falhou”.

Ø HOTÉIS: Ademais, é recomendável que todos façam as refeições e todas as atividades juntos, tanto para unidade do grupo, como para evitar que qualquer árbitro fique vulnerável, sobretudo após jogos que gerem controvérsia.

Comentário: Forma disfarçada de dizer que o árbitro é sempre "suspeito" e pode se corrompido facilmente. Não é andando, dormindo e respirando junto que se resolvera o problema. Lembro que nos casos de suborno já ocorridos e amplamente divulgados na mídia deste país, os contatos foram feitos bem antes das partidas e que nos bastidores os árbitros são vendidos sem saberem até mesmo por dirigentes que devia protegê-los.

Ø AVISOS FINAIS:
Redes Sociais: a CA-CBF, para segurança, sugere que os árbitros evitem divulgar assuntos relativos à arbitragem nas redes sociais. Discrição e liturgia do cargo.

Comentário: Os velhinhos da CA-CBF vivem no passado, no mundo atual negócios de bilhões, casamentos, pesquisas, intervenções religiosas, encontros familiares e até mesmo treinamentos de árbitros são feitos via redes sociais por bilhões de pessoas. Querer proibir que os árbitros usem as redes sociais para interagirem é secar gelo. Deve se punir “e individualmente” os excessos, mas não pode tapar o sol com a peneira achando que com isso os árbitros serão brindados. Lembro que o árbitro vem da sociedade, refletem a sociedade e basta um clique para saber em segundos toda ficha corrida de cada um.

O árbitro é um presidiário em liberdade provisória que anda com rastreadores. É a pessoa mais vigiada no mundo, seus passos são vigiados 24 horas pelas instituições que tem todas as informações sobre cada um, o que comem, o que vestem, o que bebem, onde dormem e com quem dormem.

E os dirigentes que comandam esses árbitros, são de confiança? São vigiados? Tem deles que a ficha corrida é quilométrica, são verdadeiras raposas tomando conta do galinheiro.

A proposito, os dirigentes da CA-CBF já entregaram os documentos de nada consta como determinado?

Com a resposta os dirigentes da CA-CBF.

Ø TAXAS
De bom as taxas de arbitragem que sofreram leve reajuste. Os FIFAs e os Especiais (ex-FIFA) agora receberão R$ 3.450,00, antes era R$ 3.300,00, ou seja, 4.54% de reajuste.

Já para os aspirantes o reajuste foi maior, exatos 6%. Antes eles recebiam R$ 2.500,00 e foram reajustados para R$ 2.650,00.

Os CBF 1 recebiam R$ 2.200,00 e foram reajustados para R$ 2.350,00. Reajuste de 6.81%.

Reajuste maior ainda para os CBF2 que receberam 7.5%. Antes eles recebiam R$ 2.000,00 por partida e agora vão receber R$ 2.150,00.

A novidade foi a nova faixa criada, agora existe o adicional, aspirante, FIFA e Especial. Eles ganharão R$ 800,00 reais por partida.

Já os adicionais comum não receberão nenhum reajuste. Justo tendo em vista que sua participação na partida é zero, não vê nada, não escuta nada e não fala nada. Então devem se dar por satisfeito por assistirem as partidas de um ponto privilegiado e ainda ganharem uma taxa de R$ 500,00 reais e uma diária de R$ 500,00 reais quando fora do estado de origem.

Veja abaixo as taxas de todas as divisões da CBF para 2014.




Matéria especial do NM com o Apito Nacional
APOIO:

quinta-feira, 17 de abril de 2014

FELIZ PÁSCOA !!!!

ARBITRAGEM DAS DECISÕES DO ALAGOANO 2014

A Comissão Estadual de Arbitram sorteou na tarde desta quarta-feira (16) os árbitros e assistentes que atuarão nas duas partidas de volta das semifinais da Copa Maceió Chevrolet Onix 2014. Os confrontos acontecerão no próximo fim de semana. 
O primeiro jogo será realizado no sábado (19), às 16h, no estádio Gerson Amaral. 
Charles Hebert (CBF/AL) apita esta partida. Adeilton Guimarães da Hora (CBF/AL) e Raquel Ferreira Barbosa (CBF/AL) serão os assistentes. Rafael Bruno Lima (FAF) ficará como quarto árbitro.
Na partida do domingo (20) entre CRB X ASA, no estádio Rei Pelé, às 16h, foi sorteado o árbitro José Reinaldo Figueiredo (CBF)

Ele vai ser auxiliado por Rondinelle dos Santos Tavares (CBF/AL) e Thalis Augusto Monteiro (CBF/AL). Rafael Carlos Salgueiro (FAF) ficará como quarto árbitro. 

NM com site da FAF
APOIO:

quarta-feira, 16 de abril de 2014

UM MOMENTO HISTÓRICO PARA O CLUBE DE REGATAS BRASIL

O CRB deu um passo importante para se tornar uma grande potencia do futebol nordestino e porque não dizer brasileiro. Com a reforma do estatuto, o CRB  pode agora começar a realizar os seus sonhos de construir um clube de verdade.
E foi por esses motivos que o Notícia na Mira fez questão de registrar tudo que está acontecendo com uma entrevista especial com o Dr. Fernando Paiva, Presidente do Conselho Deliberativo do Regatas. No bate papo ele explica as principais reformas feitas no documento oficial do clube, sem contar como a entidade irá gerir seu sócio torcedor e
também os prazos estabelecidos pelo clube para a construção do "Ninho do Galo" na Barra de São Miguel.
Esta entrevista também serve para com que o torcedor regatiano tenha um parâmetro do que foi dito e do que será realidade, podendo o mesmo com este relato cobrar depois desta diretoria tudo que foi falado na entrevista.

Parabéns ao Clube de Regatas Brasil, que continue crescendo para o bem do futebol alagoano.
Para ouvir a entrevista com Dr. Fernando Paiva CLIQUE AQUI

APOIO:

O NOTÍCIA NA MIRA ACOMPANHA UM DOS MAIS IMPORTANTES EVENTOS DO MUNDO DA BIKE: O PARIS-ROUBAIX

                
No último dia 13 de abril aconteceu no norte da França, entre as cidades de Compiégne e Roubaix, a 112ª edição da competição de ciclismo de um dia mais importante do mundo, a Paris-Roubaix. Conhecida pelo seu percurso duro, que passa por 28 trechos em pavimentos de paralelepípedos, ou pavê, como são chamados em francês, a competição também é conhecida pelas alcunhas de “Rainha das Clássicas” ou “Inferno do Norte”. A competição é organizada pela empresa francesa ASO, Alonso Sport Organization, que tem a parceria da instituição francesa Les Amis de Paris Roubaix. Esta última tem a missão de preservar a alma da competição, ou seja, preservar os vários trechos em paralelepípedos, que são também trechos de antigas estradas medievais em paralelepípedos.
               
Ganhar em Roubaix é sinal de muito prestigio dentro do mundo do ciclismo. Este ano o holandês Niki Terpstra, que corre pela equipe Omega Pharma -Quickstep, escapou do pelotão a poucos quilômetros da chegada no velódromo de Roubaix e completou os 257 km da competição  com 6 horas,  9 minutos e 20 segundos  de competição, desbando o favoritismo do suíço Fabian Cancelara, que buscava sua quarta vitória na mítica competição francesa, tendo que se contentar somente com o terceiro lugar. Na segunda colocação ficou o alemão John Degenklob

O DESAFIO INTERNACIONAL DE CICLISMO, QUE ACONTECE ANUALMENTE EM ALAGOAS, NO BRASIL, FOI CONSTITUÍDA COMO UMA ADAPTAÇÃO DA PARIS-ROUBAIX PARA A REALIDADE DO NORDESTE DO BRASIL

O DESAFIO INTERNACIONAL DE CICLISMO - TV GAZETA, conhecido também como “A PARIS-ROUBAIX NACIONAL” foi concebida pelo alagoano Egberto Pedro da Silva em 2004 como uma adaptação da competição francesa para a realidade dos tipos de terrenos existentes no nordeste brasileiro. Desta forma, a competição, que larga no asfalto, corta as cidades e povoados do sertão ao litoral alagoano, que são em sua maioria com pavimentação em paralelepípedo, e também zona de canavial, com pavimentação em terra batida. Outra característica da competição alagoana, que tem seu percurso anual em torno de 230 km, é o seu percurso 100% contra o vento, largando no sertão e chegando em Maceió. Desta forma, o sol escaldante, a variedade de pavimentos e o vento contra em todo o percurso, são os ingredientes que conferem à competição a fama de ser a competição de um dia mais difícil do continente americano.

LES AMIS DE PARIS-ROUBAIX PARCEIROS DO DESAFIO INTERNACIONAL

Desde 2012 a instituição francesa se tornou parceira do DESAFIO INTERNACIONAL. Desde então o campeão da competição alagoana recebe uma réplica do troféu entregue ao campeão da París-Roubaix, que é um paralelepípedo. Tornando-se a única competição no mundo, fora dos limites de Roubaix, a ter este reconhecimento e este privilégio de ofertar ao seu campeão um objeto de tamanho significado para o ciclismo mundial. Tornando-se, ao lado de sua premiação de dinheiro e do reconhecimento dado ao vencedor pelo público e pala mídia, no objeto do desejo de todo aficionado pelo ciclismo de longa distância. Desta forma, a competição alagoana tem recebido anualmente ciclistas de todo o Brasil e também dos continentes europeu e americano, que veem enriquecer seu currículo esportivo com os atributos da competição brasileira.

EGBERTO PEDRO NA FRANÇA PARA ASSISTIR A PARIS-ROUBAIX E RECEBER OS TROFÉUS DE 2014
Pela primeira vez o idealizador da competição alagoana, Egberto Pedro da Silva, que é o atual presidente da Associação Alagoana de Ciclismo, viajou para a França para cumprir vários objetivos em sua agenda. Dentre eles, conhecer a estrutura e dinâmica da competição francesa, vivenciar a cultura ciclística europeia, conhecer os parceiros franceses, que até então se comunicavam e se conheciam somente por internet, também buscar uma aproximação maior com as intuições francesas e finalmente receber dos franceses os troféus da competição alagoana de 2014.

Em uma reunião que aconteceu na cidade de Roubaix, neste último dia 15 de abril, na sede da instituição LES AMIS DE PARIS-ROUBAIX, no velódromo de Roubaix e com a presença de seu presidente, o senhor François Doulcier e demais membros da diretoria, além de Egberto Pedro da Silva, representando a competição alagoana, foram discutidos vários aspectos de ambas as competições. Na oportunidade, Egberto esclareceu os detalhes e características da competição brasileira, apresentou o seu parceiro brasileiro, que é a TV Gazeta e falou sobre o principal objetivo para o futuro, que é transformar O DESAFIO, como é conhecido desde 2013, numa competição de estrada do calendário oficial internacional, e que esta transformação se dará com a parceria de uma instituição com expertise neste tipo de competição. A instituição francesa apresentou da mesma forma os detalhes de suas atividades junto à organização da Paris-Roubaix e buscou esclarecer várias dúvidas sobre a estrutura do ciclismo no Brasil e também sobre a competição alagoana, bem como algumas informações relativas a economia do Brasil.

Ao final da reunião os membros de Les Amis entregaram os troféus que serão oferecidos aos campeões masculino e feminino do DESAFIO 214, ao mesmo tempo em que receberam o convite de enviar uma representante da cidade de Roubaix para a competição brasileira, que este ano acontecerá nos dias 8 e 9 de novembro.

Outras ideias para o incremento da parceria entre as duas instituição foram apresentadas e discutidas, mas que serão confirmadas e iniciadas ao longo deste ano de 2014. “Conhecer a estrutura e a dinâmica da competição francesa nos sinalizou estar no caminho certo para elevar O DESAFIO para a categoria de maior Clássica das Américas”, disse Egberto Pedro. “ Temos vários ingredientes que nos indicam estar na direção certa: Temos uma competição reconhecidamente com ingrediente únicos, que conferem alta dureza ao evento e consequentemente prestígio para quem a vence, temos o envolvimento e a parceria de várias instituições nacionais e internacionais, principalmente com um dos maiores grupos de comunicação do nordeste, que são as Organizações Ornon de Mello, proprietárias de vários canais de comunicação no Estado de Alagoas, com dois canais de TV, um Jornal e várias rádios distribuídas em todo o território alagoano. Por fim”, esclareceu Egberto, “temos o envolvimento do público alagoano e nordestino, que vem crescendo a olhos vistos a cada uma das 10 edições passadas da competição” 

APOIO:

terça-feira, 15 de abril de 2014

SEMIFINAIS DO CAMPEONATO ALAGOANO SUB-20 JÁ TEM DATAS E HORÁRIOS DOS CONFRONTOS

Nesta segunda-feira(14) também foi dia de reunião na Federação Alagoana de Futebol com o Departamento Amador da FAF e os representantes das quatro equipes classificadas para a fase semifinal do Campeonato Alagoano categoria Sub-20 da 1ª Divisão.
Na pauta a confirmação das datas dos confrontos, o acordo entre as equipes para que possam zerar os cartões e também a liberação de inscrição de atletas, desde que o mesmo tivesse jogado em uma equipe que já foi eliminada.

Os classificados, CRB, CSA, Murici e Coruripe já irão começar a disputa nesta quarta-feira(17). Confira como ficaram as datas, horários e estádios das partidas:

1ªRODADA
X   

CORURIPE X CSA 
17/04 - Quarta-feira - 19h - Estádio Gerson Amaral - Coruripe
X
MURICI  X CRB
18/04 - Quinta-feira - 15h - Estádio José Gomes da Costa - Murici

2ª RODADA


 X 
CSA X CORURIPE 
19/04 - Sábado - 15h - Estádio Gustavo Paiva - Mutange - Maceió
CRB  x MURICI 
20/04 - Domingo - 9h - Estádio Nelson Peixoto Feijó - Serraria - Maceió

Lembrando que por terem feito uma campanha melhor, CSA e CRB  jogam por dois resultados iguais como diz o Artigo 5º em seu Parágrafo Único – Se houver empate por pontos ganhos após qualquer série dos dois jogos, estará classificado o time que apresentar o melhor saldo de gols nos dois jogos. Persistindo o empate, será beneficiada a associação melhor classificada por índice técnico na Primeira Fase. 

Boa sorte a garotada!
APOIO:

segunda-feira, 14 de abril de 2014

DESPEDIDA DE ÁRBITRO EM CLÁSSICOS IRÁ MARCAR A ARBITRAGEM DAS SEMIFINAIS DO ALAGOANO

O árbitro Flávio Feijó de Omena(foto) foi o sorteado pela Comissão Estadual de Arbitragem de Alagoas (CEAF-AL) para apitar o clássico entre ASA e CRB, na próxima quarta-feira, às 20h30, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, válido pela partida de ida das semifinais do Campeonato Alagoano. Como o árbitro esta encerrando a sua carreira em 2014 por completar 45 anos no ano corrente, esse será o último clássico dentro dos Campeonatos Alagoanos do apitador. 
Flávio que começou na arbitragem no ano de 1999 tendo frequentado a Escola de Arbitragem em 1998, entrou no quadro nacional em 2003 e dedicou 15 anos da sua vida a esta profissão. Em breve aqui no NM uma matéria especial sobre a carreira do árbitro.

O sorteio foi realizado na sede da Federação Alagoana de Futebol, nesta segunda-feira. Flávio Feijó de Omena será auxiliado por Pedro Jorge dos Santos e Esdras Mariano de Lima. O quarto árbitro será Denis Ribeiro Serafim, enquanto Maxwell Rocha da Silva será o quinto árbitro.
A outra semifinal entre Murici e Coruripe, marcada também para a quarta-feira, no mesmo horário será comandada por Francisco Carlos Nascimento. Wladson Michelângelo e Julian Ferino serão os assistentes. O quarto árbitro será Júlio César Farias e o quinto será Wagner José Farias da Silva. 

Agora só a título de sugestão, pedir aos árbitros reservas que leiam o regulamento para não acontecer as mesmas lambanças que aconteceram no "Clássico das Multidões". E olhe que na matéria anterior eu só relatei um dos diversos erros.
com globoesporte.com/al
APOIO:

domingo, 13 de abril de 2014

COISITAS RELACIONADAS AO "CLÁSSICO DAS MULTIDÕES"

A IMAGEM DO CLÁSSICO
Foi sem dúvida o pênalti perdido pelo Tozin e o pulo que o goleiro do CSA Pantera deu registrados na foto do companheiro Rodrigo Veridiano da rádio Pajuçara. Nem mesmo o importante gol de Diego Rosa no primeiro tempo que deu a vitória no clássico ao CRB teve uma plasticidade dessa. Vocês concordam?

UMA IMAGEM VALE MAIS DO QUE PALAVRAS
Eu fiquei horas esperando que algo aparecesse na minha cabeça para relatar a realidade atual do Centro Sportivo Alagoano, o CSA das Alagoas. Mas encontrei esta foto que retrata bem tudo que eu queria colocar. Precisa dizer mais alguma coisa?

AS FRASES ANTES, DURANTE E DEPOIS DO CLÁSSICO
Marcos Barbosa e suas frases: " Venha quem vier! Chore quem chorar! CRB Tri Campeão!"

Dentre muitas coisas ouvidas nas rádios proferidas por dirigentes, conselheiros e torcedores ilustres podemos destacar estas pérolas:

"...o jogo contra o São Paulo é um coletivo de luxo, no domingo o CRB é que vai pagar o pato..." (Conselheiro do CSA Euclydes Mello)

"... o time que eu não gosto é o CSA... só tenho dó dos amigos meus que eu tenho do outro lado, que logo logo estarão empregados..." (Audálio - Jogador do CRB)

A IMAGEM DO PÓS CLÁSSICO
No final da partida a comemoração foi muito grande, não só por parte dos torcedores, mais também pelos jogadores do CRB. Parecia uma comemoração de um título, chegaram até a levantar o Presidente Marcos Barbosa. Audálio foi o autor da façanha.

DESCONHECIMENTO DO REGULAMENTO
Os nossos árbitros suplentes mostraram no "Clássico das Multidões" que desconhecem totalmente o regulamento do Campeonato Alagoano de 2014.
Por um tempo inteiro do jogo permitiram que o Auxiliar técnico Énio Oliveira ficasse no banco de reservas junto ao técnico Marlon Araújo.
O erro foi reparado no 2º tempo depois que um dirigente do CRB percebeu tamanha distração do 4º Árbitro Rafael Bruno Lima e o 5º Esdras Mariano de Lima. 
A pergunta é para que serve então estes dois ?

O artigo 42º do regulamento da competição fala sobre isso, era só ler, não é?
foto: Henrique Silva

Art. 42º - Compete ao árbitro, aos árbitros assistentes e árbitro reserva, ainda em
relação à normalidade das competições:
I - Providenciar para que antes da hora marcada para o início da partida, todas as
pessoas credenciadas estejam nos locais reservados para sua permanência;
II - Providenciar para que as associações coloquem na porta de seus vestiários 45
(quarenta e cinco) minutos antes do início de cada partida a escalação de sua equipe.
III - Observar que no local designado ao banco de reservas, só poderão estar além dos
07 (sete) atletas suplentes, mais 04 (quatro) pessoas credenciadas pelas associações disputantes: 01 (um) treinador, 01 (um) preparador físico, 01 (um) médico e 01 (um) massagista ou enfermeiro. É proibida a presença de dirigentes no banco de reservas;
IV - Não iniciar as partidas se não forem rigorosamente cumpridas às disposições
contidas no presente regulamento.

APOIO:

sábado, 12 de abril de 2014

O FAMOSO "CLÁSSICO DAS MULTIDÕES". O MAIOR PRODUTO DO FUTEBOL DE ALAGOAS

O maior produto do futebol alagoano acontecerá neste domingo no estádio Rei Pelé. CRB e CSA de muita história e rivalidade irão se enfrentar pela segunda vez este ano no Campeonato Alagoano, só que esta partida será decisiva.
O Notícia na Mira não poderia ficar fora desta festa e trás para seu leitor algumas situações deste que sem dúvida é o maior confronto do Futebol de Alagoas, o "Clássico das Multidões".

CRB 
O técnico Eduardo Souza já acenou que irá manter a mesma equipe que começou jogando contra o Rondonópolis pela Copa do Brasil, com uma troca ou outra por questões de pontuação. O treinador deve esta se referindo ao companheiro de Gabriel na zaga do Galo. Marcus Vinícius está fora a aproximadamente quinze dias dos gramados, Rodrigão o substituto natural não passou bem no vestiário do último jogo dando lugar a Felipe que foi bem. A dúvida deve se encaixar por ai. 
Com isso, podemos esbouçar um CRB com Júlio César no gol, Paulo Sérgio, Gabriel, Marcus/Rodrigão/Felipe e Gleidson; Olívio, Bogé, Johnnattan e Diego Rosa; Marcelo Maciel e Tozim.

Acompanhe o retrospecto do Regatas neste segundo turno:
Grupo A
PClubePGJVEDGMGSSGAprov.
1

CRB

189531145966,67%
Com estes números o CRB pode até se classificar com uma derrota desde que o ASA e o CSE, um dos dois percam seus jogos contra Coruripe e Penedense respectivamente. O time de Arapiraca é o 2º com 16 pontos e o de Palmeira dos Índios o 3º com 15.

CSA
Na corda bamba, o time azulino precisa da vitória  a qualquer preço para conseguir não somente a classificação para a próxima fase como também continuar correndo atrás do calendário para o segundo semestre do ano. 
O técnico Marlon Araújo faz mistério, e só divulgará a sua escalação minutos antes da partida. Segundo o treinador existe algumas dúvidas em alguns setores que precisam ser conversadas com a diretoria e comissão técnica, pelo menos foi isso que afirmou em entrevista. Tudo paira na volta do zagueiro Tiago Garça e também quem será o companheiro de Clementino e de Jeferson maranhense no ataque.
Com isso podemos dizer que Pantera será o goleiro, o sistema defensivo poderá vim com Pedro Silva, Tiago Garça ou Léo Bahia, Roberto Dias e Mineiro, no meio campo, Charles Vagner, Lucas e Daniel Costa, no ataque Diego Clementino, Dinei, Furtuoso, Edgar ou Jean carioca e Jeferson Maranhense. 

Os números do Azulão do Mutange nesta fase:
O CSA ocupa a 2ª colocação do Grupo B, em 9 jogos marcou 12 pontos, são 3 vitórias, 3 empates e 3 derrotas, marcou 17 gols, sofreu 12 e tem um saldo positivo de 5, com um aproveitamento de 44,44% na competição.

O time azulino também pode se classificar com uma derrota, caso o Murici, 3º colocado com 11 pontos, perca para o Santa Rita em Boca da Mata.

ÚLTIMOS RETROSPECTOS
O CRB leva vantagem sobre o CSA nos últimos 10 jogos do "Clássico das Multidões". São 4 vitórias para o Regatas e 2 para o Azulão. O confronto também tem 4 empates. 

Confira o histórico dos últimos cinco anos do “Clássico das Multidões”:
19/02/2014 – CSA 1x1 CRB (Campeonato Alagoano 2014) 
18/05/2013 – CRB 0x1 CSA (4-3) pênaltis (Campeonato Alagoano 2013) 
11/05/2013 – CSA 2x4 CRB (Campeonato Alagoano 2013)
06/04/2013 – CRB 1x0 CSA (Campeonato Alagoano 2013) 
17/03/2013 – CSA 1x1 CRB (Campeonato Alagoano 2013) 
21/04/2012 – CSA 2x2 CRB (Campeonato Alagoano 2012)
14/01/2012 – CRB 3x0 CSA (Campeonato Alagoano 2012)
02/04/2011 – CRB 0x1 CSA (Campeonato Alagoano 2011)
15/01/2011 – CSA 0x2 CRB (Campeonato Alagoano 2011)
27/08/2010 – CSA 2x2 CRB (Copa do Nordeste 2010)
fonte: Globoesporte.com/AL

ARBITRAGEM
A Comissão de Arbitragem Estadual, a CEAF-AL, resolveu apostar em um árbitro neófito para comandar o decisivo "Clássico das Multidões" deste domingo quando colocou José Reinaldo Figueiredo(foto) com o árbitro FIFA, Francisco Carlos do Nascimento no sorteio.
Reinaldo é árbitro da Federação Alagoana de Futebol desde 2008, quando concluiu seu curso em 2007 e no quadro Nacional há dois anos.
Ele será auxiliado pelos também CBFs, Adeilton Guimarães da Hora e Rondinelle Tavares e como 4º árbitro da partida Rafael Bruno Lima e o 5º Esdras Mariano de Lima.
Boa sorte ao quinteto!

INOVAÇÃO
Em todos os jogos desta 10ª rodada teremos uma parada para a hidratação dos atletas por volta dos 20 minutos do 1º tempo, devido ao forte calor no horário estabelecido para as 5 partidas.
Uma medida acertada autorizada pela FAF e pela Comissão de Arbitragem já que as partidas irão acontecer simultaneamente ás 15h15.
É bom lembrar que a parada não é técnica e sim para que os jogadores se refresquem. E Existe uma diferença entre as duas que muita gente não sabe.
A de Hidratação, como já falei, é para que os atletas se hidratem e é um acordo feito entre as equipes e a arbitragem da partida.
Já a parada técnica serve para que os treinadores passem instruções ao seu grupo, esta modalidade tem que constar no Regulamento da Competição para que possa ser executada.
Só lembrando que nem uma nem outra está preconizada na regra do jogo.
Entenderam?

INGRESSOS
A diretoria do CRB definiu o preço dos ingressos para o clássico de domingo contra o CSA, às 15h15m, no Estádio Rei Pelé. Os bilhetes custam R$ 30,00 (arquibancadas baixas), R$ 40,00 (arquibancadas altas) e R$ 70,00 (cadeiras especiais). De acordo com a assessoria do clube, idosos e estudantes, 'previamente identificados com suas carteiras', e ingressos antecipados irão pagar a metade do valor apenas nas arquibancadas. Ficando R$15 e R$20 respectivamente
Toda a renda do jogo será do Galo, mandante do confronto. 
Os bilhetes para os torcedores regatianos estão sendo vendidos nos seguintes locais:  Loja do CRB, Arena das Torcidas, sede da Galo Chopp, Mercadinho J.Tigre, Frangal (no portão 4 do Mercado da Produção) e todas as lojas Poly Sport de Maceió. Os bilhetes para os azulinos podem ser comprados apenas  na Arena das Torcidas na Frangal no Mercado da Produção.
ESQUEMA DE SEGURANÇA
O Comando do Policiamento da Capital (CPC) definiu as estratégias para o jogo. O público previsto para o evento foi estimado em 17 mil torcedores. No total serão empregados 361 policiais militares que atuarão dentro e fora do estádio, garantindo um perímetro de segurança para os torcedores que irão assistir à partida. O comando do policiamento ficará a cargo do tenente-coronel Jairisson Correia, comandante do Batalhão de Operações Especiais (Bope).
A partir do meio-dia, todo o quarteirão que envolve o Estádio Rei Pelé será bloqueado para o trânsito de veículos por agentes da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT). Já a partir das 13 horas, a Polícia Militar irá escoltar a torcida do CSA que estará concentrada na Rua do Sol, em frente ao Banco Safra. A do CRB sairá meia hora depois, às 13h30, a partir da Praça Marcílio Dias, no Jaraguá.
Os torcedores que ainda não compraram seu ingresso devem ficar atentos, pois as bilheterias serão fechadas impreterivelmente às 15h15, ou seja, 15 minutos após o início do segundo tempo da partida. O comando ressaltou também que o acesso das torcidas organizadas somente será permitida mediante a apresentação da carteira de torcedor da respectiva organizada acompanhada de um documento oficial de identificação com foto.
Outro ponto importante a ser observado é que crianças menores de 12 anos deverão estar acompanhadas dos pais ou responsável, devendo obrigatoriamente ser apresentado um documento de identificação. Ficou definido também que ao término da partida a torcida do CSA será evacuada do estádio primeiro, já a do CRB deverá aguardar até a total evacuação dos torcedores azulinos do estádio.

APOIO: